Comunicado UFOPAC de 10 de Março de 2020 - Medidas de minimização de risco de transmissão de Coronavírus (COVID-19)

A COVID-19 é uma doença infeciosa emergente, identificada pela primeira vez na cidade Chinesa de Wuhan em dezembro de 2019. Desde então, o surto adquiriu uma dimensão epidémica, com casos confirmados em mais de 80 países, incluindo Portugal.

Atualmente, encontra-se decretada Emergência de Saúde Pública de Âmbito Internacional pelo Comité de Emergência da Organização Mundial de Saúde. De acordo com o Centro Europeu de Prevenção de Controlo das Doenças, o possível impacto da COVID-19 é muito elevado, sendo provável a propagação continuada e global do vírus.

Também os Gabinetes das Ministras da Modernização do Estado e da Administração Pública, do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e da Saúde, emitiram o Despacho nº. 2836-A/2020 no sentido dos empregadores públicos elaborarem um plano de contingência alinhado com as orientações emanadas da Direção-Geral da Saúde (DGS) no âmbito da prevenção e controlo de infeção por novo coronavírus (COVID-19).

A transmissão ocorre por contacto próximo com pessoas infetadas pelo vírus ou através de superfícies e objetos contaminados. Esta infeção transmite-se através de gotículas libertadas pelo nariz ou boca, por tosse ou espirros, que podem atingir diretamente a boca, nariz e olhos de pessoas próximas do infetado, ou depositando-se em objetos ou superfícies que rodeiam a pessoa infetada.

A maioria das pessoas desenvolvem uma forma ligeira da doença. No entanto, uma percentagem relativamente baixa dos infetados (ainda por determinar) desenvolvem complicações graves, com necessidade de hospitalização (essencialmente pessoas de grupos etários mais avançados e na presença de outras doenças crónicas).

Face à situação, a Junta de Freguesia da União das Freguesias de Oeiras e São Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias (UFOPAC), aprovou na sua reunião de 5 de março de 2020, o Plano de Contingência da UFOPAC a aplicar enquanto medidas de prevenção interna do impacto do atual surto desta doença.

Considerando que esta União de Freguesias tinha agendadas várias iniciativas com jovens e seniores, nomeadamente serões de teatro, bailes, visitas turísticas etc., foi determinado a suspensão de toda a programação enquanto o alerta se mantiver, com vista à proteção das pessoas.

Solicita-se a compreensão de todos e incentivam-se todos os cidadãos a seguir as orientações da Direção-Geral da Saúde e da Organização Mundial de Saúde, bem como a corresponder à implementação das medidas de proteção dos trabalhadores da União de Freguesias que diariamente fazem atendimento público (desinfeção das mãos com dispositivo disponível e afastamento do interlocutor).

 

A cooperação de todos é fundamental para garantir a redução do risco para todos os cidadãos.

Contacto útil:

- Linha SNS24: 808 24 24 24

A Presidente,

Madalena Castro

Homepage
Back to Top