Município atribui verba extraordinária para dar resposta de bens alimentares aos fregueses de Oeiras

Em plena pandemia, a União de Freguesias de Oeiras e São Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias tem-se confrontado com inúmeras situações de inesperada/repentina fragilidade económica, pelo que a Câmara Municipal de Oeiras aprovou a atribuição de uma comparticipação financeira extraordinária no valor de 3.000,00€ àquela freguesia, com o objetivo de apoiar a resposta de bens alimentares e de higiene (pessoal e habitacional) junto dos munícipes que precisam.

Este apoio destina-se aos indivíduos e famílias em situação de carência económica que não estão cobertos pelas respostas alimentares existentes, como o Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas e o Banco Alimentar contra a Fome.

Foram identificadas lacunas ao nível do apoio alimentar assegurado por entidades locais, nomeadamente através de produtos disponibilizados pelo Banco Alimentar Contra a Fome, o que se deve, sobretudo, à impossibilidade de realização de campanhas de angariação de produtos, mas, igualmente, ao acréscimo do número de indivíduos e agregados com necessidade de resposta a este nível.

Em Oeiras existe uma forte política social e é objetivo essencial que ninguém passe fome. É neste sentido que a Câmara Municipal tem atribuído diversas comparticipações financeiras destinadas a apoiar as dezoito entidades locais que asseguram esta importante resposta comunitária.

👉Saiba Mais: https://bit.ly/2NTSDNO

Homepage
Back to Top